COMUNICAR PARA 53 HAB/KM2

Current location: Samora Correia.

O estilo de vida na capital – ou numa grande cidade – é bem diferente do que numa pequena localidade, em muitos e diversos aspetos: o ritmo da atividade, a disponibilidade das pessoas, os estabelecimentos comerciais, a arquitetura das habitações e, inevitavelmente, o trânsito. Todas estas variáveis influenciam a interação e a comunicação entre a população. Para além disso, a atividade e os negócios desenvolvem-se de uma forma diferente, o que leva a que a sua comunicação também sofra alterações, em comparação com as estruturas empresariais nas grandes cidades.

Samora Correia. 53 habitantes por cada km2. Esta pequena localidade no coração do Ribatejo caracteriza-se pelas suas vivendas, prédios de três andares, pequenos cafés e pequenas lojas de rua. O ambiente é de calma, vagar e tranquilidade, talvez pelo (muito) calor que se faz sentir numa das localidades mais a sul do distrito de Santarém. A população é maioritariamente idosa. Curiosamente, a minha visita a esta pequena cidade portuguesa aconteceu no quarto dia da Semana Taurina de Samora Correia. Esta festa, organizada pela Junta de Freguesia, permitiu entender como se desenvolve a organização de um evento numa pequena localidade, o que auxiliou a minha análise do ponto de vista de um profissional de Relações Públicas.

A nível residencial, as habitações são vivendas ou prédios com poucos andares. A densidade populacional em Samora Correia é reduzida, uma vez que a população que residente não representa um grande número e a área da localidade é bastante extensa. Desta forma, o espaço para a construção de casas é maior; estas são caracterizadas por uma arquitetura mais antiga, sendo que o próprio estado dos edifícios parece, na maior parte das vezes, não merecedor de grandes cuidados. A rua principal é uma das mais movimentadas e é nela que se situa a Sociedade Filarmónica União Samorense. O edifício da sociedade está incorporado num conjunto de prédios e é bastante discreto. É possível perceber, numa primeira análise, que esta sociedade é a principal responsável pelas atividades lúdicas na localidade.

8
Imagem 1 – Fachada da Sociedade Filarmónica União Samorense

As casas em Samora Correia são o primeiro espelho do estilo de vida que caracteriza a localidade. As fachadas dos prédios e as entradas das vivendas não aparentam ter grandes sistemas de segurança, o que sugere que essa não é uma das principais preocupações da população, o que confirma o caráter calmo e tranquilo da localidade. A partir das residências em Samora Correia, é possível perceber que estas vão, então, ao encontro das necessidades das pessoas que lá vivem, uma vez que estão adaptadas às características da localidade.

Do ponto de vista da comunicação, este fator poderia sugerir uma abordagem à população mais pessoal, próxima e presencial.

Por exemplo, uma ação de comunicação teria provavelmente mais impacto nesta população através de suportes físicos do que online, muito também pela faixa etária predominantemente mais velha.

7
Imagem 2 – Entrada de uma vivenda junto ao espaço da largada de touros
1
Imagem 3 – Entrada de duas vivendas numa rua perpendicular à principal
2
Imagem 4 – Fachada do primeiro andar de um prédio na rua principal

A nível comercial, é possível afirmar que a atividade se baseia em negócios familiares e tradicionais, sendo que não se vêem grandes estabelecimentos, nem comércio que seja associado a grandes grupos conhecidos a nível nacional. Por exemplo, os únicos grupos que se vêem em Samora Correia semelhantes aos das grandes cidades são os três bancos na rua principal: Crédito Agrícola, Millenium e Montepio estão seguidos do mesmo lado da rua. Isto sugere uma preocupação em manter o “centro financeiro” no mesmo local, sendo que, por exemplo, os multibancos apenas se encontram nessa zona.

As grandes superfícies ainda não chegaram a Samora Correia: o comércio tradicional ainda sobrevive na localidade.

Isto não significa que a população não recorra às grandes lojas fora da cidade, mas o facto de estas lojas ainda existirem é, só por si, um fator sugestivo de que as pessoas preferem apoiar o comércio tradicional e ainda recorrem ao mesmo, numa era em que as grandes superfícies vencem. As lojas são pequenas e tradicionais; a entrada baseia-se num toldo com o nome ou o contacto telefónico. No online, encontra-se a página de Facebook da loja Azul e Rosa, o que é até surpreendente, tendo em conta a sua apresentação física. No caso da loja de Eletrodomésticos, a única informação online acerca da mesma está no site das Páginas Amarelas.

3
Imagem 5 – Loja Azul e Rosa na rua principal
9
Imagem 6 – Loja de Eletrodomésticos na rua principal
4
Imagem 7 – Vendedor de queijadas e aperitivos, perto do espaço do evento da largada de touros

A nível turístico, pode referir-se a tradição taurina em Samora Correia, que é a grande atração turística da cidade. É de salientar o evento a que tive a oportunidade de assistir. Um número considerável de pessoas, tendo em conta o número de habitantes de Samora Correia, aparece na largada de touros de sexta-feira à tarde. Bebés de colo, crianças, adolescentes, adultos e idosos. Os jornais regionais, como O Mirante, fazem a cobertura do evento; as pessoas ficam contentes e fazem poses quando são fotografadas para o jornal. Numa grande localidade, é normal existirem meios de comunicação social até bastante mais conhecidos a cobrir os eventos, pelo que o entusiasmo por aparecerem na publicação não seria tão grande como os da população que reside na localidade.

É um meio mais pequeno, mais pessoal, mais tradicional.

No que toca à comunicação do evento, é possível observar cartazes espalhados por toda a cidade, para além da voz do representante da Junta de Freguesia nos altifalantes do espaço onde decorrerá a largada de touros. O DJ escolhido pareceu ser o rapaz da cidade que gosta de música e que percebe do assunto. No entanto, apesar de parecer um evento pequeno quando comparado com os grandes festivais da capital, a verdade é que a Semana Taurina é um dos eventos mais importantes para a localidade. O evento, que é da responsabilidade da Junta de Freguesia de Samora Correia, passa-se num espaço montado com a segurança necessária para o caso, uma vez que os animais irão passar pelas pessoas. Vê-se que há uma preocupação em informar as pessoas do programa do evento e desenvolveu-se até uma parceria com a rádio IRIS FM, que tem os seus estúdios em Samora Correia e também em Lisboa. Esta parceria resultou numa festa patrocinada pela estação de rádio.

É, também, de sublinhar, de um ponto de vista mais sociológico, o facto de um evento como uma semana dedicada à tradição taurina apenas ter tanta adesão e tanto impacto positivo na população uma vez que as mentalidades das pessoas estão preparadas para aceitar este tipo de práticas e levá-las como normais, algo que é inerente à região onde vivem – no “puro Ribatejo”.

Um simples evento consegue monopolizar toda a população, como se fosse o acontecimento do ano. E talvez, para alguns, o seja.
collage
Imagem 8 – Bandeira da localidade exposta no centro do espaço do evento

Em conclusão, é possível afirmar que a vida numa pequena localidade apresenta diferentes características do que numa grande e movimentada cidade. Daí, a comunicação entre a população e as organizações, como a Sociedade Filarmónica, os estabelecimentos comerciais ou a Junta de Freguesia é feita numa abordagem diferente, uma vez que é mais pessoal e mais direta para a população. As comparações entre Samora Correia e uma grande cidade são muitas, a todos os níveis. No que toca à comunicação, destacam-se as adaptações ao público que é a população, as diferenças nas dinâmicas de comunicação, nomeadamente ao nível dos suportes e da qualidade dos mesmos, e as prioridades no contexto de uma pequena cidade. Isto porque, no fundo, comunicar para 53 hab./km2 tem os seus desafios – cabe ao profissional de RP saber cumpri-los.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s